Feeds:
Posts
Comentários

sem título.

” A gente precisa criar seu ambiente, para evitar o excessivo desamparo…

Suas ideias, suas reformas, seu apostolado..

Embora nunca os realize.. nem sequer os tente..

mas ao menos os projete, e mentalmente os edifique. “

– O Quinze –

Rachel De Queiroz

sem título. [2]

Todo mundo tem suas obsessões..

Pensamentos que consomem,

Desejos que consomem,

Tempo que consome..

Todos eles têm tanto de reflexos

Que define o significado de suas vidas.

O selo ~

Bom, queridos leitores,  quero primeiramente falar  que estou muito feliz, explodindo de alegria, exageradamente contente por ter ganhado o selo do meu mais querido, bom e novo amigo dono do super blog Vitamina de Abacate que, por informações extras, ainda não sei seu nome, mas indico o blog para todos! (:

blogdeouro

Então, meu selo vai para:
Aquela Carta
Love is all a matter of timing
Enfim
Luis Fuck


Aí vão as regras, babies:
1 – Exiba a imagem do selo “Blog de Ouro”.
2 – Poste o link do blog que te indicou.
3 – Indique 4 blogs de sua preferência.
4 – Avise seus indicados.
5 – Publique as regras.
6 – Confira se os blogs indicados repassaram o selo e as regras.

Coffee.

Coffee *-*

Definitivamente agora faz parte do meu dia a dia.
Antes de uma biscoitinho , ou de um pedaço de bolo, ou de uma fatia de pão, pela manhã tem que ter o meu forte e doce café.. ora, hoje em dia pra não nos estressarmos tanto nada como um cafezinho.. é sempre, seeempre bom.
Então.. vejamos: O café vem das sementes de Coffea arabica, uma xícara média de café contém, em média, cem miligramas de cafeína. A ingestão excessiva pode provocar, em algumas pessoas, efeitos negativos como irritabilidade, ansiedade, agitação, dor de cabeça e insônia – comigo isso nunca aconteceu, amém – e mais.. altas doses de cafeína excitam demasiadamente o sistema nervoso central, inclusive os reflexos medulares, podendo ser letal. Isso é bom? oO’
Digamos que o café, a coca-cola, o chocolate.. enfim, a cafeína é uma espécie de ‘droga alternativa’ e por conclusão: eu passo uma semana sem as músicas do Relient k, eu fico sem implicar com a minha irmã e eu posso até sacrificar as minhas unhas.. mas, por favor não me deixe sem o meu pc com um copinho de café do lado.
é isso.
beijos! (=

Texto de Nina Campos.

Era inverno de 78 na França. Tudo que Nathalie tinha era um telefone anotado num papel desbotado no bolso esquerdo do casaco azul. Muitas horas de viagem e pouco dinheiro, enquanto a cada esquina cruzada, a procura por uma face amável se distanciava mais e mais.

Ela era a musa dos incompreendidos, ele, o arquiteto dos amantes. Ela, os versos imcompletos, ele, o poeta sonhador. Ela era a protagonista de uma cena de amor, ele, o diretor em busca de uma tomada perfeita. Ela o frio, ele, o cobertor. Ela o fogo, ele o ardor.

E numa chama que se acendia, finalmetne se encontraram numa madrugada de quinta, à beira de um rio qualquer. Os olhos fechados, o tênis amarelado, quase na ponta dos pés. Suas bocas se encontraram, no ritmo de uma valsa sem fim. As luzes da cidade comemoravam, junto com as ruas cinzentas sem movimento, que adormecia em silêncio O tempo não os tornara amantes exaustos, mas o frio fazia os dedos das mãos tilintarem. Ali estava aquecido, mesmo que a três graus negativos.

2009, 20 de Maio, por

boas vindas

autoironia